Forte e Firme na Defesa das Águas Nacionais
Escola de Fuzileiros Navais – “Saber Para Vencer”

Os Fuzileiros surgiram da então Força de que a Marinha dispunha cujos efectivos tinham a formação de Comandos e não a preparação específica de Fuzileiros. Em 1989, a força é extinta e os seus efectivos foram integrados nos órgãos da Marinha.

Em 1993, no âmbito da reestruturação das Forças Armadas Angolanas e com base na Directiva nº 08/92, sobre a criação de Fuzileiros.

História e Fundação da Escola de Fuzileiros Navais


Os Fuzileiros surgiram da então Força de que a Marinha dispunha cujos efectivos tinham a formação de Comandos e não a preparação específica de Fuzileiros. 

Em 1989, a força é extinta e os seus efectivos foram integrados nos órgãos da Marinha. Em 1993, no âmbito da reestruturação das Forças Armadas Angolanas e com base na Directiva nº 08/92, sobre a criação de Fuzileiros.

Em Junho de 1993, seguem para Portugal 32 militares da Marinha de Guerra Angolana, acompanhados pelo CMG Noé Rodrigues João Magalhães (actual CALM. Chefe da DIMO) e pelo CFR Bamba Zifua Castro (actual CALM. Comandante da Brigada de Fuzileiros Navais de Angola).


Missão

  • Ministrar a formação militar de nível técnico-operacional aos alunos Oficiais, Sargentos e Praças da classe de fuzileiros, e também a formação da instrução Militar Básica (IMB) aos cidadãos que ingressam na MGA
  • Ministrar a formação técnica aos Oficiais, Sargentos e Praças já Fuzileiros por forma qualifica-los para os cargos aplicáveis aos seus postos ou aos superiores.



Caracterização

A Escola de Fuzileiros Navais, localiza-se no município do Ambriz, na província do Bengo.

A sua população alvo, são os cursos de Oficiais Fuzileiros destinados ao regime de contrato, os Sargentos e Praças Fuzileiros e os de Praças dos cursos de Instrução Militar Básica da Marinha.   

A sua capacidade está calculadamente para 600 alunos por ano; (300 para a Preparação Militar Geral ou Instrução Militar Básica e 300 CFO/CFS/CFP).

O corpo docente é constituído por Oficiais, Sargentos e Praças.

Áreas formativas

  • Cultura e Organização Militar; 
  • Formação Geral Naval Liderança Segurança e Ambiente; 
  • Tecnologias da Informação e Comunicação 
  • Língua Inglesa e Francesa 
  • Logística e Manutenção 
  • Actividades Comunicacionais 
  • Armamento e Tiro Explosivos 
  • Minas e Armadilhas 
  • Motricidade e Fisiologia 
  • Infantaria de Combate 
  • Operações Anfíbias 
  • Operações Terrestres 
  • Comunicações 
  • Exercícios de Campo 


Dependência Hierárquica

O Comandante da EFN, depende hierarquicamente do Almirante Comandante da MGA, mantendo uma dependência funcional da Direcção de Preparação Combativa e Ensino, nas áreas metodológica e ensino


Comandates da Escola de Fuzileiros 

  • 1993/1999- CFR FZ Bamba Zifua Castro
  • 1999/2003- CCV FZ Casimiro Gomes
  • 2003/2006- CFR FZ Isaías Honório Muxito
  • 2006/2015- CMG FZ Lourenço Gonçalves
  • 2015/2016- CMG FZ Marcelo de Carvalho 
  • 2016- CMG FZ Baltazar da Conceição Neto